Meu filho cresceu, e agora?

A grande maioria dos pais se sentem surpresos com o crescimento do filho e a entrada na temida adolescência.

Nessa fase alguns pais acabam achando que o filho já foi “criado” e deixam para que os amigos ou que a “rua” ensinem!

Tenha em mente que você precisará continuar dando atenção, limites e, principalmente, regras (em todas as idades!). Em alguns momentos muitos conselhos e paciência também serão bem-vindos!

É uma fase de transição e a melhor coisa é que esse adolescente aprenda com você, em casa e com os seus valores. Muitas vezes o próprio adolescente não se entende, mas a tendência é ele achar que ninguém o compreende! Para as meninas: a menstruação, os seios, os pelos muitas vezes assustam e incomodam. Para os meninos: a voz oscilando, a barba para alguns e o crescimento para outros pode ser assustador!

É importante que os pais não tenham vergonha de abordar temas, como, por exemplo: menstruação, beijo, sexo e drogas.

Os adolescentes dizem aprender com os amigos, eles até podem aprender, mas, muitas vezes, têm vergonha de tirar as dúvidas. É nesse momento que o aprendizado ocorre de forma distorcida, podendo gerar outros problemas futuros.

Se você tiver vergonha compre livros sobre esses assuntos (existem alguns mais infantis e com ilustrações e outros mais científicos, veja a faixa etária indicada no material), introduza a conversa e não se assuste com os comentários que ouvir. Esteja aberta e segura para direcionar o assunto da forma que você julgar melhor e que vá de encontro com os valores da sua família. Se o seu filho te perguntar como faz para se aproximar das garotas não tenha ciúmes, oriente-o. Se a sua filha disser que está namorando, oriente qual a melhor conduta dependendo da idade dela e não julgue o respectivo par. Outra opção é procurar médicos e profissionais da área da saúde para fazerem a tal orientação!

É uma fase de muitas experiências, mas se for bem direcionada não apresentará turbulências!

Quer saber mais? Acesse o nosso eBook gratuito. Clique aqui.